MATERNIDADE #3 PARTO CESÁRIA QUE EU TIVE PÂNICO - InterC@chos

22 outubro 2018

MATERNIDADE #3 PARTO CESÁRIA QUE EU TIVE PÂNICO

Olá meus amores hoje vou falar sobre meu segundo parto, e pra mostrar que cada gravidez é diferente o parto também, (Clique Aqui) e veja os posts anteriores.


RAPIDINHO
Bom eu vi essa ideia maravilhosa no blog Flávia e resolvi fazer aqui afinal ela convidou quem já teve experiencias similares (como ser mãe) a compartilhar, e faço o mesmo convite a vocês, afinal são relatos assim que ajudam as futuras mamães a se preparar para o grande dia.

Então todo SÁBADO, vou falar sobre minhas experiências, e vou usar pela ordem de nascimento dos meus filhos.
(Parto cesárea, o que me deu medo)
A gravidez do Pedro foi bem tranquila na verdade, só que já comecei a ter pressão alta na gravidez, coisa que não tinha acontecido antes.
Agora vamos falar sobre o dia que eu fui a maternidade.
Essa foto falamos, AQUI JÁ MOSTRA A PERSONALIDADE DO NOME 
Eu estava de 37 semanas era 20 hs de Sexta-feira, eu estava no início do meu trabalho de parto, mais acharam melhor me manter internada por conta da minha pressão que naquela altura estava 16x9, então ali começou meu martírio.
Quando chegou no sábado à tarde já cortaram os alimentos sólidos e comecei numa dieta mais líquida, já pensando numa cesárea, porque eu tinha contrações, mais não dilatada meu colo, mais isso era o de menos.
Quando chegou no sábado e não tinha evolução no trabalho de parto, me colocaram num chuveiro (Para ajudar a evoluir o parto), mais teve o efeito ao contrário, a enfermeira me deixou lá no banheiro nua, a água fria, caindo, não esquentava a água de jeito nenhum, eu chamava mais ela não ouvia, naquela altura acredito que era umas 19 hs da noite, eu fiquei quase 1 hora no banheiro, não podia sair de lá, eu tinha muita dor, não tinha toalha, e tinha vergonha também de sair nua e algum pai me ver.
Pois bem até que finalmente apareceu uma enfermeira, eu a chamei, e falei moça me tira daqui que estou morrendo de frio, eu não aguento mais, eu estava tremendo de frio.
Ela me ajudou a chegar na cama me colocou umas 3 cobertas, mas eu não me esquentava.
Aqui no casamento de uma amiga Rosana 
Bom as dores aumentaram, naquele momento já havia estourado minha bolsa, eu me sentia sozinha quase o tempo todo, chegava mães, mais logo elas ganhavam seus bebês, e eu ficava.
Até que já muito tarde ,eu não saberia dizer a hora, mais creio que já passava das 22 hs, (eu ainda sentia frio e tremia muito), eu tive uma mensagem de Deus, ele falava pra que eu chorasse mais alto, (Já que eu estava chorando bem baixinho), então comecei como se fosse uma oração.
Deus me ajude, ajude meu filho, nesse momento eu estou sem força, só me ajude.

Passava um médico e na hora ele voltou, e me perguntou como me sentia e porque estava tremendo
Expliquei tudo
Aqui com 1 ano junto com a Stefanny
Ele muito atencioso falou, vamos ver como tá seu bebê.
Ele só me olhou, e tal, e saiu do consultório, não me disse nada.
Eu ouvi, vamos fazer uma cesárea na paciente Daiane.
Nossa eu fiquei tão aliviada. Mais ainda não tinha acabado
Quando ele veio falar comigo, ele me disse que sim, iríamos para a cesárea, porque meu bebê estava em sofrimento, estava com um galo na cabeça dele, e isso significada que ele estava sufocando, com dificuldade pra respirar.
Meu mundo ficou preto ali, eu comecei a chorar mais e mais, só que o médico disse, calma pelos batimentos ele tá bem, só temos que tirar ele logo, eu soube naquela hora, Deus me deu um livramento.
Rapidinho
Eu nunca chorei alto em todos os meus partos, nem antes, e nem depois do parto do Pedro, eu sempre fiquei quieta, pra que as enfermeiras, se lembrasse de mim, então eu chorar alto no meio da madrugada, foi realmente diferente.
Então pra sala de parto o que mais dificultam na hora do parto foi que eu tremia muito de frio então na hora da anestesia eu não conseguia ficar parada para aplicarem a anestesia.

Nessa hora teve uma mulher que acho que era médica porque usava jaleco, ela veio com as mãos quentes sobre mim, e pediu, tenta ficar parada quando a contração passar, porque você não pode se mexer, eu chorava ,muito e dizia, eu não consigo, ela me disse, consegue sim, e naquela hora, era como se a sala tivesse em silêncio, enfim conseguiram.
E sabe lembrando desse fato, quando escrevia, eu não vi mais essa médica depois desse momento, OUSO DIZER QUE FOI REALMENTE UM ANJO. 
Com William e o Vô adotado dele Antonio 
Então no dia nasceu meu filho Pedro Henrique, com 3570grs medindo 51 centímetros, nasceu lindo, gordinho e saudável, graças a Deus.
“Só uma coisa, a minha tia ELIZETE, veio me ver na hora da visita, e me perguntou que horas ele nasceu, eu disse, aí ela disse, foi exatamente por essa hora que acordei assustada pensando em você, então ela começou a orar por mim, eu até choro quando lembro dela me contando, foi aí que escolhemos o nome dele, Pedro pois ele foi a minha rocha, minha fortaleza, no momento que eu só quis lutar pra ele viver.”
Minha recuperação foi boa na medida do possível, acho legal dizer o seguinte era minha segunda cesárea, eu já sabia de alguns cuidados, mais vou deixar aqui caso ainda não saiba:

1. Lavar bem o local dos pontos, eu não esfregava, eu fazia bastante espumas nas mãos, e ia aplicando como se fosse um creme, fazia isso umas 5 vezes, porque passar a mão esfregando me dava agonia
2. Escolha um sabonete bem hidratante, eu usava sempre Dove, espuma bastante
3. Tome quantos banhos achar necessário, eu tomava 2 por dia, porque sempre estava muito frio, mais se mora em lugares mais quentes aproveite e tome mais, relaxa batente
5. Sempre ouvi o mito sobre lavar o cabelo, só na minha terceira gestação que resolvi perguntar o médico: Pode lavar o cabelo, no hospital? Claro que pode, só não pode deitar com o cabelo molhado.
O QUE APRENDI
Que temos sempre que contar com os imprevistos, e sempre é bom não ficar sozinha no hospital, eu não pude porque quem podia ficar comigo ou tinha que trabalhar ou estava cuidando do William e Stefanny.
E que sempre temos que orar, pois Deus nunca nos desampara.
Hoje eu sou abençoada, meu filho Pedro é especial, adora ajudar os pais, é um criança que ama estudar, adoro números é um fera na matemática, é inteligente e cada dia se torna mais lindo, eu só tenho orgulho e um amor que não cabe em mim.
Aqui na copa 2018, ele ama futebol 
Espero que tenham gostado, visite as postagens anteriores, comente aqui a baixo se está gostando dos meus relatos

Não esqueça de ir no blog criador (Clique Aqui)



Beijos e até a próxima

14 comentários:

  1. Olá Querida,
    Tudo bem?
    Amei o post Querida:)
    Adorei os fotografias:)
    Desejo te uma semana feliz:)
    Beijinhos Karina

    ResponderExcluir
  2. ai jesus, eu morro de medo dessas coisas de ser mãe
    quando penso em todo o processo chega perco o foco das outras coisas, mas imagino o quanto deve ser gratificante, legal saber mais sobe vc

    ResponderExcluir
  3. Que bebê mais reizinho, ele cresceu e é lindo demais, parabéns. Eu li um post seu sobre um parto normal também, enfim, muito bom que tu esteja compartilhando uma experiência tão linda e humana aqui <3

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que post diferente e interessante. Eu juro que amei! Parabéns pela experiência divina, com certeza foi um momento de muito amor! Jesus abençoe a sua familia

    ResponderExcluir
  5. Deus é fiel e deu o grande livrameneto para vocês!

    ResponderExcluir
  6. Deus sabe de tudo. Tive 3 paryos normais totalmente diferentes, sempre tive medo de cesárea

    ResponderExcluir
  7. Imagino a preocupação de saber que seu bebê está sufocando, ainda bem que no fim tudo deu certo
    Gostei, muito legal!
    Blog ArroJada Mix|Blog Prosa e Texto|Blog Vapor da Cozinha

    ResponderExcluir
  8. Imagino a preocupação de saber que seu bebê está sufocando, ainda bem que no fim tudo deu certo
    Gostei, muito legal!
    Blog ArroJada Mix|Blog Prosa e Texto|Blog Vapor da Cozinha

    ResponderExcluir
  9. Como você disse tem que estar preparada para o imprevistos, e nunca esquecer de orar e contar com Deus nessas horas.
    Parabéns pelos seus filhos, o Pedro é um ótimo filho e graças a Deus deu tudo certo.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu também tive dificuldades nas minhas 2 cesárias, e eu sempre lavei o cabelo assim que pude tomar o meu primeiro banho. Parabéns pelo filhote lindo, deve ter sido doloroso saber que ele estava sofrendo dentro de você, e você sem ter como o ajudar. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Esse é um momento realmente temido, não é. Eu acho que não me submeteria a um parto kkkkk nem toda mulher nasceu para isso. Gostei muito do seu blog.

    ResponderExcluir
  12. Que relato lindo e que anjo esse médico e digo que fiquei arrepiada com história da tia Elizete eu acredito que anjos são as pessoas que nos salvam rodos os dias e elas talvez nem saibam. Parabéns ao seu filho lindo e com esse nome tão forte e resistente como rocha Pedro é um nome que gosto muito e seria o nome de um filho meu.bjss

    ResponderExcluir
  13. Nossa fiquei ate tensa lendo seu relato, e ja vi muitas mulheres reclamar desse "banho", credo, realmente são poucas as pessoas que tem o dom de trabalhar para outras pessoas

    ResponderExcluir
  14. Oi Day!
    Gostei de conhecer um pouco mais do seu filho, não sabia que você tinha um menino também rsrs sempre vejo as meninas no vídeo, verdade o Pedro é cheio de personalidade e um menino muito lindo por sinal, amei conferir as fotos também ❤❤❤

    ResponderExcluir



SUBIR