MATERNIDADE #2 PARTO NORMAL E SEM DOR - InterC@chos

13 outubro 2018

MATERNIDADE #2 PARTO NORMAL E SEM DOR

Olá meus amores hoje vou falar sobre meu segundo parto, e pra mostrar que cada gravidez é diferente o parto também, (Clique Aqui) e veja os posts anteriores. 
RAPIDINHO
Bom eu vi essa ideia maravilhosa no blog Flávia e resolvi fazer aqui afinal ela convidou quem já teve experiencias similares (como ser mãe) a compartilhar, e faço o mesmo convite a vocês, afinal são relatos assim que ajudam as futuras mamães a se preparar para o grande dia.

Então todo SÁBADO, vou falar sobre minhas experiências, e vou usar pela ordem de nascimento dos meus filhos.

E hoje vou falar sobre meu parto número 2 que já alertando spoiler foi normal
Eu perdi as fotos dela recém-nascida, quando me mudei de São Paulo para Brasília, nessa primeira ela está com umas 5 messes mais ou menos, depois é ela com 1 ano de idade
(Parto normal, e sem dor)
Confesso que o medo que tinha no primeiro parto me seguiu no segundo, mais algumas coisas eu já estava preparada (eu pensava assim).
Bom a gravidez da Stefanny foi até bem tranquila, muitos medos e anseios ficaram pra traz, por isso eu consegui levar a gravidez até as 40 semanas
Isso me fez ir muitas vezes a maternidade, pois qualquer dor, mesmo que pequena eu pensava que já estava na hora
Com dois anos com William
Um dia antes, eu quase cai de bunda no chão, fui me amparando na parede por isso ralei todo meu braço.
Então mais a noite eu comecei a sentir contrações bem fracas e confesso que não me preocupei muito, mais foi aumento, e os intervalos começaram a diminuir, então como não tinha telefone fixo e nem, celular, eu andei até o orelhão, sentindo contrações.
Ficava uma rua antes da minha, confesso que foi a caminhada mais difícil que fiz em toda minha vida, liguei pra emergência, e lá pediram informações, e me perguntaram de quanto em quanto tempo estava as contrações , eu disse de 10 em 10 minutos, mais era menos , porque durante a gravação eu senti 4 .
Então me orientaram a voltar pra casa, com calma, seria tranquilo se não fosse 4hs da manhã mais ou menos, confesso que senti medo na volta, porque já haviam me falado, que sim, estava em trabalho de parto
Ela amava essa roupa
Mas voltei pra casa, demorou alguns minutos apenas e a ambulância estava lá, quando cheguei na maternidade, já contava com a espera, já pensava que seria igual, por sorte ou benção de Deus peguei o mesmo medico do primeiro parto Dr. Renato.

Quando ele me disse que estava com 5 dedos de dilatação eu nem acreditei, ali já começou a ser diferente, minha bolsa não havia se rompido, por isso ele mesmo teve que fazer, o que ele usou pra isso, me deixou com medo, mais não senti dor nenhuma.
Pois bem, já me preparam ali mesmo para o parto, coisa que do William só foi no quarto.

Festa Junina na escola, foi a noiva
Quando cheguei no quarto o medico disso que tinha que fazer força quando sentisse dor(contrações), acho que ficamos uns 30 minutos, mais pra mim, parecia horas.
Foi aí que ele disse pronto agora é só esperar jaja seu bebe nasce, me levaram pra sala de parto, foi aí que soube de outra novidade.
O medico disse, só estamos esperando o anestesista.
Eu como assim??? E toda aquela força que eu fiz não adiantou.
Foi aí que conheci a melhor coisa da vida para uma mulher que tem parto normal a anestesia Peridural.
Nossa que maravilha não sentir nada...
Foi aí que no dia 16/05/2004 nasceu minha filha Stefanny pesando 3,200 grs
A recuperação foi maravilhosa, foi o parto mais tranquilo que tive.
Com o irmão ela já com 11 anos 
O QUE APRENDI
Que cada parto seria diferente, pra confiar em meus instintos, e o melhor que nunca mais eu seria a mesma pessoa, que partir daquele momento eu me sentiria a segunda mulher no mundo, porque a primeira se chamaria Stefanny, e hoje meu coração se enche de orgulho a cada conquista dela.
Ela está se tornando determinada, esforçada, um caráter bem duro, mais firme, as vezes muitos falam que ela é muito dura nas palavras , mais eu criei ela pra ser além do sexo dela, criei ela pra dizer em alto e bom dom, eu estou aqui e o mundo vai ser meu, não quero ela no canto dizendo que por ser mulher não pode ter a língua afiada e nem lutar por seus direitos.
Espero que tenham gostado, visite as postagens anteriores, comente aqui a baixo se está gostando dos meus relatos
Não esqueça de ir no blog criador (Clique Aqui)

Beijos e até a próxima

Comente com o Facebook:

23 comentários:

  1. Seus filhos são maravilhosos parabéns vc deve ama-los dms

    ResponderExcluir
  2. Que coragem a sua de ir até o orelhão. Eu tive um.aborto espontâneo e senti muitas dores. Se a dor de parto for como eu senti, agradeço em não ter passado pelo parto.
    Seus filhos são lindos. Parabéns

    ResponderExcluir
  3. Ola amiguinha olha eu aqui apreciando seu blog

    ResponderExcluir
  4. Amei o blog já tem mais uma fã 💕🙈

    ResponderExcluir
  5. Eu amo essa gatinha . Tetê a tia e o tio ama vc 😘😍🤩❤️💓💕Deus abençoe vc sempre

    ResponderExcluir
  6. Graça a Deus não sofri durante o parto. Foi tudo bem tranquilo. Já quero os outros relatos. Super bjo

    ResponderExcluir
  7. Mulher empoderada é o que vejo em você... um bom exemplo a seguir!!! Mulher não é frágil não como muitos dizem, mulher é uma guerreira em todas as suas vertentes ... aplausos para nós ��������

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca tive filhos , e converso q morro de medo . Já ouvi tantos casos de mulheres q sofreram tanto , principalmente no parto normal ! Quando eu tiver , quero normal com anestesia .

    ResponderExcluir
  9. Que maravilha!!! Eu queria também ter parto normal... mas os meus dois filhos foram cesárea...

    ResponderExcluir
  10. O meu parto foi normal super tranquilo,tiro o chapéu pra essa minha amiga linda e guerreira merecedora de td q há de melhor em sua vida lhe amo amiga e te ad miro muitto bjus❤

    ResponderExcluir
  11. Que depoimento mais lindo!! Eu quero ter parto normal quando eu engravidar!!

    ResponderExcluir
  12. Que relato, tenho um filho de parto cesária, mas desde o começo queria o normal, porem minha bolsa rompeu com apenas 1 dedo de dilatação, mas no proximo quero tentar novamente!

    ResponderExcluir
  13. Relato incrível, cada mulher tem uma experiência e ver essas experiências enriquecem a gente
    Gostei, muito legal!
    Blog ArroJada Mix|Blog Prosa e Texto|Blog Vapor da Cozinha

    ResponderExcluir
  14. Que relato incrível! Eu presenciei as contrações da minha mãe quando estava perto do meu irmão nascer , eu fiquei com medo absurdo mas hoje eu vejo que é a coisa mais linda essa hora da criança nascer. Eu ainda penso com medo quando eu tiver filho como vai ser. Tomara que seja tranquilo.

    Adorei saber da experiência !

    layllannalima.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Muito bacana seu relato, com certeza ajuda muito a mamães de primeira viagem saber que cada parto é diferente do outro.
    Tive duas filhas de parto normal, mas na minha época não faziam a anestesia peridural.
    Parabéns pelo post e por dividir suas experiências.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  16. Não tenho filhos, mas entendo perfeitamente vc dizer que um parto é diferente do outro. Não tem como ser diferente, né?
    Teus filhos são lindos, parabéns!

    ResponderExcluir
  17. Que bacana de vc compartilhar a sua história
    eu tenho um filho e foi normal
    senti dor nas contrações e graças a Deus na hora de nascer foi bem rapido e tranquilo
    bjs

    ResponderExcluir
  18. Os partos são diferentes, nossos filhos tem personalidades diferentes... a única coisa que é igual, é o nosso amor por eles! Parabéns pelos filhos lindos e pele garra de os trazer ao mundo! Beijos

    ResponderExcluir
  19. uau muito encorajador seus relatos, top o contexto, amei!!

    ResponderExcluir
  20. Adoro suas postagens sobre maternidade

    ResponderExcluir
  21. Parabéns pela história. Geralmente os relatos de parto normal são de dor e com violência obstétrica :(

    ResponderExcluir
  22. Muito legal ler os relatos de parto. Também tomei essa anestesia Peridural, é uma maravilha mesmo!rsrs bjs Verônica Alves

    ResponderExcluir
  23. Esse relato de seus partos estão bem legais, mas fiquei pensando em você ir sozinha ao orelhão menina que perigo poderia ter tido sua bebê sozinha na rua.Mas o que importa é que no final tudo ficou bem e seu parto sem dor.

    ResponderExcluir

SUBIR